Laço de Fita

Não sabes, criança? ‘Stou louco de amores…
Prendi meus afetos, formosa Pepita.
Mas onde? No templo, no espaço, nas névoas?!
Não rias, prendi-me
Num laço de fita.

Na selva sombria de tuas madeixas,
Nos negros cabelos da moça bonita,
Fingindo a serpente qu’enlaça a folhagem,
Formoso enroscava-se
O laço de fita.

Meu ser, que voava nas luzes da festa,
Qual pássaro bravo, que os ares agita,
Eu vi de repente cativo, submisso
Rolar prisioneiro
Num laço de fita.

E agora enleada na tênue cadeia
Debalde minh’alma se embate, se irrita…
O braço, que rompe cadeias de ferro,
Não quebra teus elos,
Ó laço de fita!

Meu Deusl As falenas têm asas de opala,
Os astros se libram na plaga infinita.
Os anjos repousam nas penas brilhantes…
Mas tu… tens por asas
Um laço de fita.

Há pouco voavas na célere valsa,
Na valsa que anseia, que estua e palpita.
Por que é que tremeste? Não eram meus lábios…
Beijava-te apenas…
Teu laço de fita.

Mas ai! findo o baile, despindo os adornos
N’alcova onde a vela ciosa… crepita,
Talvez da cadeia libertes as tranças
Mas eu… fico preso
No laço de fita.

Pois bem! Quando um dia na sombra do vale
Abrirem-me a cova… formosa Pepital
Ao menos arranca meus louros da fronte,
E dá-me por c’roa…
Teu laço de fita.

Castro Alves

Anúncios



Persiga um sonho, mas não deixe ele viver sozinho.

Descubra-se todos os dias, deixe-se levar pelas vontades, mas não enlouqueça por elas.

Procure, sempre procure o fim de uma história, seja ela qual for.

Dê um sorriso para quem esqueceu como se faz isso.

Acelere seus pensamentos, mas não permita que eles te consumam.

Olhe para o lado, alguém precisa de você.

Abasteça seu coração de fé, não a perca nunca.

Mergulhe de cabeça nos seus desejos e satisfaça-os.

Procure os seus caminhos, mas não magoe ninguém nessa procura.


Arrependa-se, volte atrás, peça perdão!

Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.

Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.

Se achar que precisa voltar, volte!

Se perceber que precisa seguir, siga!

Se estiver tudo errado, comece novamente.

Se estiver tudo certo, continue.

Se sentir saudades, mate-a.

Se perder um amor, não se perca!

Se achá-lo, segure-o!


    Fernando Pessoa

Recomeçar

recomeçar

Não importa onde você parou …
em que momento da vida você cansou…
o que importa é que sempre é possível e necessário “Recomeçar”.
Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo…
é renovar as esperanças na vida e o mais importante…
acreditar em você de novo…
Sofreu muito nesse período? Foi aprendizado.
Chorou muito? Foi limpeza da alma.
Ficou com raiva das pessoas? Foi para perdoá-las um dia.
Tem tanta gente esperando apenas um sorriso seu para “chegar” perto de você.
Recomeçar…
hoje é um bom dia para começar novos desafios.
Onde você que chegar?
Ir alto… sonhe alto…
queira o melhor do melhor…
pensando assim trazemos pra nós aquilo que desejamos…
Se pensarmos pequeno coisas pequenas teremos ….
Já se desejarmos fortemente o melhor e principalmente lutarmos pelo melhor, o melhor vai se instalar em nossa vida.
“Porque sou do tamanho daquilo que vejo, e não do tamanho da minha altura.”

Paulo Roberto Gaefke

Tempo

Havia um tempo em que valia a pena sonhar.
Havia um sonho para cada desejo.
Êles eram fáceis de serem sonhados, porque não tinham endereço certo.
Eram apenas sonhos, doces sonhos.
Lágrimas? Só se fôssem de alegria.
Alegria de viver, de saber que estrada longa não era problema, era oportunidade de caminhar,
de conhecer outros viajantes,
outros sonhadores em busca de seus ideais.
Às vêzes vinham as tempestades.
Também, não havia o que temer.
Tempestades, servem para purificar e renovar o ar.
Depois, tudo fica mais claro,
mais fácil de se enxergar longe.
A escuridão da noite, também tem seus mistérios,bem mais reveladores
que a claridade do dia.
Quando a escuridão surge, é preciso
aguçar outros sentidos,
é preciso deixar o vento mudar
as coisas de lugar.
Raízes profundas só servem para proteger quem busca a sombra
das grandes árvores.
A solidão não existe.
Ninguém caminha desacompanhado.
Há os sonhos.
Há esperança.
O tempo é algo que se faz do jeito que se quer.
Não há necessidade de pressa.
Tudo é uma questão do sonho a ser sonhado, dividido e saciado.
A dor da perda, não é dor,
é apenas a movimentação do desapego.
Quando tudo está tranquilo, até uma suave brisa solta
o que está agarrado.
Querer segurar é bobagem,
a natureza não permite.
Há que se continuar sonhando, eternamente.

Elisa Toneto


It had a dream for each desire.
They were easy to be dreamed, because they did’nt have the right address.

………….